“Conservação, integração e bem-estar para os povos da América Latina” é o tema central do 2º Congresso Latino-americano de Parques Nacionais e Outras Áreas Protegidas. O evento começou neste domingo (30 de setembro) e segue até sábado (6 de outubro), em Bariloche, na Argentina. Reunidos nesta cidade inserida em uma área protegida, pesquisadores, ambientalistas, gestores de Unidades de Conservação, representantes de governos, populações tradicionais e organizações não-governamentais fazem o balanço dos 10 anos que separam este Congresso do primeiro, ocorrido na Colômbia, discutem as perspectivas frente a realidade atual, a aplicação de metas internacionais de conservação nos países em questão e a integração dos vários setores envolvidos. Num balanço regional do período que separa os dois congressos, com base em dados enviados pelos governos dos países latinos – que entre os principais desafios futuros nesta área estão a diversificação das fontes de financiamento, o desenvolvimento de mecanismos de valoração dos recursos naturais, o planejamento sem abandonar a perspectiva do desenvolvimento e a capacitação.

Fonte: S.O.S. Mata Atlântica

Anúncios